Seminários De Investigação Do CLUP

No intuito de reforçar a relação entre as atividades que realizamos no âmbito do CLUP e do DCL, propomos a realização de sessões nas quais os estudantes orientandos poderão apresentar os seus projetos de investigação aos colegas do DCL e do CLUP. Neste contexto temos agendada mais uma sessão com orientandos da Professora Isabel Margarida Duarte.

Assim, gostaríamos de vos convidar a participar na sessão do dia 29 de março, às 9.45 horas, na sala do CLUP, piso 4, sala 410, com as seguintes apresentações:

Telma Elisabete de Oliveira Duarte
Orientadora: Professora Isabel Margarida Duarte
Coorientador: Professor Rogelio Ponce de León

Título: Marcadores conversacionais utilizados em produções orais informais de estudantes hispanofalantes de Português Língua Estrangeira: análise e implicações pedagógicas

Resumo:
O trabalho tem como principal objetivo analisar os marcadores conversacionais usados em produções orais informais de aprendentes falantes de castelhano peninsular (do nível A1 ao nível C1) que aprendem português europeu como língua estrangeira. Pretende-se, assim, a partir de uma análise de caráter essencialmente qualitativo, retirar conclusões que possam ser úteis para o desenvolvimento de ações didáticas assentes numa pedagogia do oral que contempla um ensino mais sistemático do género conversa oral informal.

Marcela Filipa Correia Salgado de Faria
Orientadora: Professora Isabel Margarida Duarte
Coorientadora: Professora Fernanda Martins

Título: Sobre Vós em Português Europeu Contemporâneo – um retrato baseado em produções e juízos da comunidade estudantil

Resumo:
O trabalho procura apresentar não só um ponto de situação hodierno nacional do uso de vós pela comunidade estudantil como também juízos dos falantes sobre este pronome e elementos do seu paradigma. Além do retrato, o intuito é percebermos de que base empírica partimos para, por exemplo, discutirmos as correntes defensoras da extinção do ensino de vós a estudantes de português língua não materna e, talvez futuramente, no português língua materna. Discutir-se-á se o uso de vós é um arcaísmo; se está geograficamente confinado; se se relaciona com determinados estratos, hábitos ou ambientes específicos e se é característico de certos graus de formalidade. Para responder a estas questões, analisar-se-ão os resultados de questionários entregues a alunos do 4.º e 12.º anos (público e privado) em todos os distritos do país e a alunos de Ensino Superior de universidades portuguesas.

Isabel Margarida Duarte
Rui Sousa Silva
Thomas Hüsgen